Retinografia Fluorescente - Clínica Raskin

Retinografia Fluorescente

O que é

Exame permite análise do fluxo e da trama vascular da retina e da coróide, com auxílio de um contraste a base de fluoresceína (sem iodo).

Imagem Retinografia Fluorescente

Para que serve

Algumas doenças oculares alteram o fluxo sanguíneo da retina, coróide e disco óptico. Vasos anormais ou diminuição de fluxo podem ser detectados.

É importante para o acompanhamento de pacientes com retinopatia diabética, retinopatia hipertensiva, alterações da mácula (por ex: degeneração macular relacionada à idade - DMRI), tumores oculares, distrofias retinianas, Retinopatia Serosa Central, Uveites/Coroidites, trauma, Oclusões Venosas e Arteriais e baixa da Acuidade Visual.

Como faz

A Clínica Raskin dispõe do mais avançado equipamento para captação de imagens e de análise da circulação da retina, disco óptico e coróide, o IMAGEnet®. Através da punção de veia do braço, o contraste fluoresceína sódica é injetado.

Exame é indolor, não invasivo e de não contato.

Preparo

Paciente precisa estar em jejum de 2 horas.

Haverá uma punção venosa prévia ao exame e dilatação pupilar, dificultando atividades após exame dentro padrões da normalidade.

Obrigatória a presença de acompanhante devido a dilatação pupilar e a infusão de contraste.